A Experiência da Mesa

A-experiência-da-mesa

 

Olá! Espero que tudo esteja bem com você!

Recomendo a leitura desse livro, inclusive ele foi a base para a ministração do tema na ultima reunião do Ministério de Mulheres ocorrida em 26/03/2015.

Nele a autora Devi Titus faz uma reflexão sobre a importância da família sentar a mesa olho a olho e face a face. A mesa é um local mais que especial para se nutrir o corpo, a vida espiritual( através da oração e presença de Deus) e vida emocional.

A mesa é o lugar onde você vai ouvir sobre as alegrias e as tristezas que ocorrem com seus filhos e marido. Além de ser um momento para você falar também.

É muito importante para a mulher compreender que ela deve se empenhar para que as refeições ocorram na mesa e se ela tiver esse cuidado com a família a mudança será drástica e para melhor…

A autora faz uma reflexão através de diversas passagens bíblicas e estudos acadêmicos que demonstram essa importância!

Portanto, a refeição na mesa é capaz de:

- Criar um ambiente melhor para a família.

- Criar a comunhão por meio do alimento que promove o corpo mais saudável e inteligência.

- A mesa potencializa a comunhão entre os membros da família.

- Quando todos tem a oportunidade de se posicionar olho no olho e face a face a compreensão da escuta e da fala se igualam.

- A presença na mesa promove momentos inesquecíveis.

11071519_10202787189921045_623519173011875424_n

A partir do momento que a mulher se torna ciente de tudo isso ela é convidada por Jesus a se empenhar mais para organizar o ambiente e utilizar sua criatividade.

Desejo de coração que você compreenda tudo que a experiência a mesa representa na vida da sua família.

Me coloco a disposição para maiores orientações!

Um abraço e bom fim de semana!

Pra. Rosielly Souza

A importância da mesa

Olá! Compartilho esse vídeo com você que fala sobre a importância da mesa.

Esse tema foi abordado na reunião do Ministério de Mulheres ocorrida em 26/03/2015.

Reflita no que você pode mudar na sua casa para melhorar o relacionamento de sua família.

A mesa na vida da família não pode ser desvalorizada.

Resgate o valor da mesa na casa.

Não aceite nenhum filho comer na frente de um computador ou televisão.

A mesa é o altar que a família fortalece o laço.

Nos próximos posts estarei postando mais sobre esse tema.

Um abraço!

Rosielly Souza

 

Mulheres segundo o coração de Deus

Olá! É tão bom ter a oportunidade de buscar a presença de Deus sempre que necessitamos.

Melhor ainda é confiar Nele e crer que seremos mulheres mais sábia a cada dia. 

A humildade, o temor do Senhor, saber calar na hora certa e o domínio próprio são o resultado da busca por Ele.

Quanto mais buscarmos, mas cresceremos como mulheres que confiam Nele.

Que Ele te abençoe e te guarde!

Rosielly Souza

 

Mais Dinâmicas…

Olá! Compartilho outras dinâmicas com você!

Dinâmica: O peso do pecado

Objetivo: Levar as mulheres a refletir na importância de se confessar pecados( para Deus e o pastor)

Material:

  • Um saco de lixo grande e preto;
  • Balões;
  • Balas;
  • Alfinetes;
  • Papel.

Preparação:

  • Escreva em pedaços de papéis versículos de vitórias e bênçãos;
  • Coloque dentro do saco de lixo os balões cheios, as balas e os papéis com versículos;
  • Dê a cada participante um alfinete.

Desenvolvimento:

  • Com o grupo em roda vá passando o saco amarrado para cada pessoa, que deve citar um pecado e estourar um balão com alfinete até que não reste nenhum;
  • Quando o saco estiver vazio coloque-o no meio do círculo;
  • Reflita: Ao confessarmos nossos pecados, Deus nos perdoa e nosso fardo fica mais leve. A palavra nos diz que: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. 1 João 1:8-9”;
  • Peça para que os participantes abram o saco, peguem as balas e leiam os versículos;

Reflexão:

  • Finalize explicando com suas palavras que quando nos arrependemos de nossos pecados e os confessamos, Deus nos perdoa e começa agir em nossas vidas derramando suas bênçãos sobre nós.

 

Dinãmica:Balões

Objetivo: Testar conhecimento bíblicos das mulheres

Material:

  • Balões;
  • Papel (folha de caderno ou papel sulfite);
  • Caixa de chocolate (ou outro prêmio de sua escolha).

Preparação:

  • Recorte o papel em tiras de modo que seja possível colocá-las dentro dos balões;
  • Escolha alguns versículos e no papel escreva uma palavra que esteja contida no verso escolhido. Ex: “Disse-lhe Jesus: ‘Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.’” João 14:6. Desse versículo pode ser escolhida a palavra Caminho, ou Verdade, ou Vida.
  • Coloque os papéis com as palavras dentro dos balões, encha-os e os coloque em algum local no ambiente da reunião;

Desenvolvimento:

  • Separe as mulheres em grupos (dois ou mais);
  • Cada grupo deve eleger uma líder;
  • A  líder terá que ir até o local em que estão os balões, escolher um, estourar e ler o papel para seu grupo;
  • O grupo deve recitar um versículo que possui aquela palavra;
  • No final, o grupo que acertar mais ganha o prêmio.

Observações:

  • Fique a vontade para modificar essa dinâmica e adequá-la à realidade do seu grupo.

 

Ilustração sobre a Palavra de Deus

Objetivo: Levar as mulheres a refletir de que forma assimilam a Palavra de Deus em suas vidas, se estão cheias de Cristo e consequentemente agindo como Ele.

Material:

  • Uma bolinha de isopor;
  • Um giz;
  • Uma esponja e
  • Uma vasilha com água.

Desenvolvimento:

  • Explique que a aguá representa a Palavra de Deus e que o objeto a nós;
  • Mergulhe o isopor na vasilha com água;
  • Reflita: o isopor não afunda e nem absorve a água. Como nós absorvemos a Palavra de Deus (ou Cristo)? Somos também impermeáveis?
  • Mergulhe o giz;
  • Reflita: o giz retém a água só para si, sem repartir. E nós?
  • Mergulhe a esponja e a esprema para que a água saia;
  • Reflita: a esponja absorve bem a água e mesmo espremendo ela continua molhada

Dinâmica: Ouça Deus

Objetivo: Levar o grupo a refletir que nos dias de hoje ouvimos tantas “vozes” que muitas vezes esquecemos da de Deus.

Material:

  • Um prêmio (Caixa de bombom, balas, pirulitos, etc.);
  • 1 Bíblia;
  • 1 venda para tapar os olhos.

Desenvolvimento:

  1. Coloque a Bíblia em um lugar em que seja possível encontrá-la, mas não de forma tão fácil;
  2. Escolha uma pessoa para ser vendada e guiada. Peça para que ela se retire do local para que seja possível combinar com os outros participantes a brincadeira;
  3. Escolha uma pessoa para guiar, somente com  a voz, aquela que será vendada até a Bíblia (esta fará o papel da voz de Deus);
  4. Todo os demais participantes, usando somente a voz, deverão guiar a pessoa vendada para caminhos que a distanciem da Bíblia;
  5. Se a pessoa que representa a voz de Deus conseguir seu objetivo ganhará, junto com quem ela guiou, o prêmio. Caso contrário os outros ganharão.

Dinâmica: Escolhas

Material:
2 caixas de bombons, jornal, embrulho de presente, pedras.Preparação:
Embrulhar uma das caixas com jornal, a outra abrir tirar os bombons das embalagens e colocar pedreras e jornal dentro das embalagens de bombons, fechar a caixas com os falsos bombons e embrulha-la com um papel de presente bem bonito.
Inicie a dinâmica dizendo que trouxe dois presentes e mostre as caixas, peça para que o grupo escolhe qual ele quer abrir primeiro, ao tirar o embrulho todos verão que serão iguais (aparentemente), depois abra as caixas e deixei que DEUS ministre naturalmente.

Moral: Muitas vezes o inimigo usa coisas parecidas com as DEUS que são reais, precisamos estar em comunhão com DEUS para não sermos enganados, tomar cuidado principalmente em namoro, para que o Senhor abençoe nossa família no futuro, pois agora pode parecer verdadeiro mais depois se não for de DEUS aparecerá a mentira.

Enviado por Roberta Guarnieri. Retirado de http://www.quebragelos.com.br/2014/08/qual-caixa-de-bombom-prefere.html

Dinâmica: Tudo que Deus faz é bom
Tempo: 15 a 20 minutosMaterial: Papeis e lápis para cada integrante

Desenvolvimento: Destribua papéis e lápis. coloque todos sentados em circulo(no chão ou em cadeiras) e explique que, ao seu comando, devem começar a desenhar uma pessoa. Estipule um tempo por exemplo 30 segundos para que troque de folha com o colega ao lado direito, é importante que cada um coloque seu nome na sua folha para identificar ao final.

1 º faça o desenho de uma cabeça, na sua ordem passe para o amigo á sua direita.
2 º faça o desenho do tronco( ou corpo sem as pernas) e passe ao seu sinal
3 º faça o desenho das pernas. passe ao seu sinal
4 º faça o desenho dos braços. passe ao seu sinal
5 º faça o desenho dos olhos, boca, nariz… passe ao seu colega fazendo os retoques final

OBS: No caso de ter varias pessoas inclua 6 º pedindo pra fazer as roupas etc.
Ao final peça que cada pegue sua folha a qual está com seu nome e peça que observe e dizer se ficou bom, é importante dizer que cada um deve fazer como se tivesse no lugar de Deus no dia da criação.

Moral: Você começou o desenho e os outros foram completando seu desenho assim como você foi completando os de seus colegas. veja que ninguém fez uma perna de elefante e braços de coelho. Deus criou você diferente dos animais, porque o criou parecido com ELE. Isso quer dizer que você foi criado a imagem de Deus. mesmo que o desenho não tenha ficado muito bom, pode ter certeza que aos olhos de Deus você é lindo e perfeito, porque fomos criados para expressar SUA vida em nós e TUDO que ele faz é bom e perfeito não importa se as pessoas dizem que você não é nada, que não sabe fazer nada etc ( dê outros exemplos conforme a necessidade do grupo) O importante é que tudo que Deus faz é bom e serve para cumprir o SEU proposito!

Dinâmica: Jesus o único caminho
Tempo: Menos de 5 minutos.
Material: Um molho de muitas chaves e um cadeado.

Desenvolvimento: O líder pede para cada um do grupo tente abrir o cadeado, deve-se observar quem escolhe a chave mais adequado para abrir o cadeado e quem pega qualquer uma e se frusta com cada escolha.Moral: Jesus é o único caminho, não adianta escolhermos outros caminhos para chegar ao Pai, devemos escolher Jesus, e Ele quem abre as portas do céu.

Quebra-gelo enviado pelo leitor Milton da Costa Fagundes Roquini. Retirado de: http://www.quebragelos.com.br/2013/08/jesus-o-unico-caminho.html

Dinâmica: Quebra gelo Sonoplastia ao vivo
1 – Escolha algumas pessoas (aconselho pegar as mais tímidas, só para ir trabalhando esse lado delas) e leia a história seguinte fazendo com que cada uma faça o som correspondente às letras maiúsculas. Você poderá criar a sua própria história, que tal uma história conhecida do grupo? Solte sua imaginação!
“Era um fim de tarde de quarta-feira, sou carpinteiro e estava terminando de SERRAR UMA MADEIRA. De repente soa a SIRENE DA FÁBRICA, era hora de ir para casa. Ao sair da fábrica me deparo com DOIS CACHORROS BRIGANDO. Percebi que no meio dos cachorros havia um GATO que miava desesperadamente. Era mesmo um ato de covardia, DOIS CACHORROS LATINDO e UM GATO MIANDO. Tentei então ajudar: peguei um balde com água e joguei neles (SOM DE ÁGUA JORRANDO!) para tentar separá-los. Não deu certo, ao invés de separar consegui DOIS CACHORROS MOLHADOS LATINDO e UM GATO MOLHADO MIANDO. Resolvi então deixar pra lá.
Prossegui com meu caminho para casa, fui para o estacionamento, peguei minha moto, A LIGUEI e fui para casa.
Chegando em casa liguei a TV, estava passando um programa com o SILVIO SANTOS. De repente a tv SAIU DO AR. Fui então para a cozinha fazer um lanche. Coloquei algumas bananas e leite no liquidificador para fazer uma vitamina, LIGUEI O LIQUIFICADOR. Enquanto isso fui na sala ver se a tv ainda estava fora do ar e estava (SOM DE TV FORA DO AR, NOTE QUE NÃO PAREI O LIQUIDIFICADOR!) Voltei para a cozinha e desliguei o liquidificador, tomei minha vitamina. De repente SOA O ALARME DO RELÓGIO, estava na hora de me arrumar e ir para a célula. Fui para o CHUVEIRO, tomei banho, me vesti e antes de sair me despedi do meu GATO, do meu CACHORRO, e do meu PAPAGAIO. Fui para a reunião e com certeza fui muito abençoado nesse dia!