O Lar perfeito

Olá! Compartilho com você um texto muito bom retirado do blog Mamãe Real: http://mamaereal.com/o-lar-perfeito/. Aproveite a leitura, é muito edificante!

 

1446184_69268651

 

“Poucos dias atrás, fomos à igreja domingo de manhã, como de costume. Quando já estávamos no carro, o Christian me disse que um amigo nos convidou para ir almoçar na casa dele logo que saíssemos dali. Conhecendo nosso amigo, que é bem extorverdito e amigável, e percebendo que se tratava de um convite de última hora, perguntei ao Christian: “Será que ele avisou a esposa que nos convidou?” “Imagino que sim,” foi a resposta dele. Fiquei com uma pulga atrás da orelha. Sou casada anos suficiente pra saber que para os homens tudo parece mais simples. Já que estamos grelhando uma carne, por que não convidar amigos? Já nós, mulheres, nos preocupamos se a casa está arrumada, se as crianças estão limpas, se vamos ter tempo de deixar a mesa posta e se temos sobremesa pra servir depois da refeição.
Chegando na casa deles, percebi que eles estavam demorando bastante pra atender a campainha. Alguns longos minutos depois a esposa vem até a porta e nos convida para entrar. Ela estava um pouco constrangida mas foi muito simpática e amigável, como sempre. Assim que chegamos, fui ajudá-la a prepar o almoço e começamos a conversar. Não demorou muito para que minhas desconfianças fossem confirmadas. O marido dela primeiro ligou para nós e depois avisou a ela que estávamos vindo almoçar. A primeira lição que aprendi foi que nunca devemos deixar os maridos fazerem planos (brincadeirinha). Enquanto ela, mãe de quatro lindas crianças, incluindo um bebê de 2 meses, carinhosamente preparava uma refeição para nós, eu podia notar que  pensamentos passavam por sua mente: “As coisas nem sempre são como eu gostaria”, disse ela, referindo-se a rotina de uma casa com 4 crianças. Mal sabia ela que minha mente e olhos também estavam muito ocupados, mas de uma forma bem diferente do que ela imaginava.

Enquanto ela se preocupava em como eu estaria vendo a bagunça da casa, eu via uma casa alegre, cheia de vida, com crianças livres para aprender, experimentar e errar.

Por trás da louça da janta do dia anterior ainda na pia, eu via uma mulher que depois de um dia cansativo preferiu ir sentar-se na varanda ao lado do marido e deixar os pratos pra depois. Oh, como ela precisava daquele momento somente com ele. Ouvir seus sonhos, contar os dela e conectar-se novamente tomando uma xícara de chá!

Eu sei, querida amiga, que junto com a louça da janta também tem a do café-da-manhã: ovos, panquecas e café. De novo, vejo uma mulher corajosa e forte. Ainda cansada, pois o bebê acordou diversas vezes para mamar, levantou-se, preparou café-da-manhã pra sua família enquanto o marido arrumava as crianças. Eu sei que até passou pela sua cabeça ficar em casa enquanto seu marido ia para a Igreja com as crianças, assim você poderia pôr em dia todo o trabalho de casa. Mas não! Você ama estar com sua família nos domingos de manhã, rever suas amigas, bater papo e receber aquele tão necessário refrigério da Palavra de Deus.

Enquanto almoçávamos, vi quando você segurou na mão do seu esposo. Quando você fez isso, vi uma mulher cheia de graça para a oferecer. Você até pode ter ficado irritada com ele por não ter te consultado antes de nos convidar para almoçar, mas já tinha passado. Afinal, o que é o casamento senão um constante perdoar?

Quando nos sentamos ao redor da mesa para comer,  o que me chamou atenção não foram as cadeiras manchadas de suco de uva nem os pratos de plástico surrados das crianças. Tão pouco foi o cheiro delicioso da carne grelhada, das deliciosas batatas cozidas. Foi o amor que exala de sua vida, o agradável perfume de Cristo que contagia aquela família.

Uma casa é feita de tijolos e pedras mas só o amor pode construir um lar!

“Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.

Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.

Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.

Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.

O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca perece.”

1 Coríntios 13:1-8″

FONTE: http://mamaereal.com/o-lar-perfeito/

 

Esperança- Não é tarde!!!

Olá! Por mais que as coisas pareçam difíceis e problemas ocorram de forma repentina… é o Senhor que nos sustenta!

Os problemas acontecem, mas tudo passa! Por isso, precisamos confiar e firmar no Senhor!

É preciso tomar muito cuidado com as decisões tomadas em tempo de crise.

Lembre- se: Ele sempre estará do seu lado! Coloque suas dúvidas e anseios no altar Dele.

Pense bem antes de tomar qualquer decisão!!!

Confie e sonhe em Deus! Ele tem muitas bençãos para você!

“Ouvirei os testemunhos de bravos homens que venceram
Ouvirei dos cegos que ainda esperam a visão
Ouvirei canções que marcam toda uma geração
Não é tarde pra sonhar

Não é não
Minha força vem de um Deus que faz milagres
Minha fé está além do impossível
Minha esperança viva está
Meu coração não quer parar
Pois nunca é tarde, não é tarde para se sonhar

Sempre há uma esperança
Para aqueles que esperam
Firmes nas promessas do Senhor
O Deus do impossível
Haja o que houver
Eu sonharei
Seus lindos sonhos viverei
Não desistirei…” (Fernanda Brum- Música: Não é tarde)

Que Deus te abençoe e te guarde!

Um abraço!

Rosielly Souza

Ele te conhece!!!

6

Olá! Tudo bem com você!

Deus te conhece…

Ele sabe como você está nesse momento…

Geralmente, no blog, Deus tem me dado a oportunidade de trocar experiências com mulheres que não conheço…

Sempre que vou orar por elas penso: Deus o Senhor conhece a necessidade de cada uma!

É bom demais servir esse Deus!

Jesus fica mais próximo cada vez que buscamos de coração…

Me emociona pensar que essa relação com Jesus só depende de nós…

Ele sempre estará  pronto para escutar, estender os braçoe dizer: vem minha filha amada!

Sei que as dificuldades vem, mas Jesus é maior do que tudo!!!

Caminhar com Ele é uma honra e muitas vezes não valorizamos isso.

Minha irmã, você tem valorizado realmente a presença do Senhor?

Ir à igreja tem se tornando uma coisa corriqueira?

Pense nisso…

Fique com Deus!

Rosielly Souza

Cuidado com o que você fala perto de seus filhos…

desenho

 

Olá! Vi essa charge e fiquei imaginando…

Realmente, é preciso tomar muito cuidado com o que falamos perto das crianças…

Precisamos buscar sabedoria para não fazer comentários!

Fico observando minha filha de 7 anos e é impressionante como ela é observadora e quer saber de tudo.

Lembre- se; nossas crianças são como  “esponjas” que absorvem coisas boas e ruins.

Os pais são os maiores exemplos!

Um comentário seu poderá repercutir na vida inteira de seus filhos.

Realmente é a lei da colheita.

Busque sabedoria e comente somente o necessário.

Com certeza, seus filhos estarão na igreja com você ao chegarem a adolescência.

Pense nisso!

Um abraço!

Rosielly Souza

Também! Um principio…

Olá! No dia 25/06/2015, ocorreu a reunião do Ministério de Mulheres na Igreja Viver de Deus e gostaria de compartilhar com você sobre algumas coisas  que falamos.

O Princípio do TAMBÉM!

Deus tem tocado muito nosso coração dando temas relacionados a princípios que podem fazer uma grande diferença em nossa vida com mulher. Os temas nos levam a fazer uma reflexão sobre nossas atitudes como: esposas, profissionais, administradoras do lar, amigas, servas de Deus, mães…

No livro “A Experiência do Lar”, de Devi Titus, há um capítulo chamado “Princípio do Também”.

livro-a-experiencia-do-lar---devi-titus

“O princípio do também é definido pela atitude voluntária de fazer mais do que é pedido a você.” (Devi Titus, A Experiência do Lar, p.32).

Devi explica a diferença entre instrução e princípio. A instrução lhe ensina passo a passo como algo específico deve ser feito, e não se aplica a outras áreas da sua vida (por exemplo, como fazer um bolo de caixinha), já o princípio pode ser utilizado em todas as áreas das nossas vidas (por exemplo: a lei da semeadura onde, tudo o que plantarmos, também colheremos(se plantamos gentileza colhemos gentileza, dinheiro no banco colhemos rendimentos…).

Princípio é aquilo que pode ser aplicado em todas as áreas de nossa vida, é aquilo que levamos conosco. Imagine se em todas as atividades que você fizer… pensar que está fazendo para Deus! Ele nos convida a servir!

E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens,
Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.

Imagine: fazer tudo além do que é pedido e bem feito, independente do que o outro irá pensar. Pensando em Deus! O incrível é que são coisas tão simples e que podem fazer a total diferença no meio que você vive(posteriormente estarei citando alguns exemplos do livro e meus).

Veja a história do servo de Abraão que foi encontrar uma esposa para Isaque.

O servo partiu, com dez camelos do seu senhor, levando também do que o seu senhor tinha de melhor. Partiu para a Mesopotâmia, em direção à cidade onde Naor tinha morado.
Ao cair da tarde, quando as mulheres costumam sair para buscar água, ele fez os camelos se ajoelharem junto ao poço que ficava fora da cidade.
Então orou: “SENHOR, Deus do meu senhor Abraão, dá-me neste dia bom êxito e seja bondoso com o meu senhor Abraão.
Como vês, estou aqui ao lado desta fonte, e as jovens do povo desta cidade estão vindo para tirar água.
Concede que a jovem a quem eu disser: ‘Por favor, incline o seu cântaro e dê-me de beber’, e ela me responder: ‘Bebe; também darei água aos teus camelos’, seja essa a que escolheste para teu servo Isaque. Saberei assim que foste bondoso com o meu senhor”.
Antes que ele terminasse de orar, surgiu Rebeca, filha de Betuel, filho de Milca, mulher de Naor, irmão de Abraão, trazendo no ombro o seu cântaro.
A jovem era muito bonita e virgem; nenhum homem tivera relações com ela. Rebeca desceu à fonte, encheu seu cântaro e voltou.
O servo apressou-se ao encontro dela e disse: “Por favor, dê-me um pouco de água do seu cântaro”.
“Beba, meu senhor”, disse ela, e tirou rapidamente dos ombros o cântaro e o serviu.
Depois que lhe deu de beber, disse: “Tirarei água também para os seus camelos até saciá-los”.
Assim ela esvaziou depressa seu cântaro no bebedouro e correu de volta ao poço para tirar mais água para todos os camelos.
Sem dizer nada, o homem a observava atentamente para saber se o Senhor tinha ou não coroado de êxito a sua missão. Gênesis 24:10-21

Quantas vezes em nossas vidas pensamos “Já está bom, fiz tudo o que dava para fazer” ou ainda “Isso não é responsabilidade minha!”. Isso significa que podemos melhorar (e MUITO!) ao aplicar esse princípio em nossas vidas.

Abraão queria garantir que sua nora tivesse as qualidades, o caráter e os valores de sua família. O servo, então, fez uma oração muito incomum, pedindo a Deus que a mulher que fosse para ser a esposa de Isaque respondesse:‘Bebe; também darei água aos teus camelos’.

Rebeca estava mesmo muito disposta, pois além de tirar água para toda sua família, ela ainda ofereceu água aos camelos, o que significa que ela teria que retirar, aproximadamente, mais 200 litros. Esta atitude revela uma mulher responsável, prestativa, diligente, disposta a dividir, cortês, cuidadosa com desconhecidos, hospitaleira, submissa à autoridade de sua família e que terminava tudo o que começava.

E como aplicar esse princípio em nossas vidas? Como falamos, ele é aplicável a todas as áreas. Vejamos alguns exemplos que o livro nos dá e outros práticos:

– Ao ver que a pia do banheiro está com respingos ao lavar sua mão enxugue- também!

– Ao chegar no caixa de supermercado, cumprimente a funcionária- também!

– Ao se deitar para dormir com sue marido, seja carinhosa- também!

– Ao chegar em casa tire a roupa e pendure- também!

– Na hora de sair do trabalho, fique mais um pouquinho – também!

– Guarde as suas coisas, e tire a poeira – também!

– Tome banho, e retire o cabelo do ralo – também!

– Tire a roupa do varal, e dobre-as – também!

– Ao preparar uma mesa, enfeite-a com flores – também!

Ou seja, façamos mais do que é pedido ou esperado de nós!

Para conclusão as mulheres foram divididas em pequenos grupos e algumas perguntas foram entregues para que elas discutissem com base no conteúdo. Após isso, algumas falaram e foi feita a contextualização da fala delas com o conteúdo ministrado.

Que Deus te abençoe e te de sabedoria para utilizar esses princípios!

Um abraço!

Rosielly Souza