Valorize a comemoração do Dia das Mães

dia

 

Olá! O dia das mães já é no próximo domingo.

Você que é filha e não é casada ainda, pense em fazer algo para sua mãe. Pense em algo especial!

Quantas vezes as jovens se sacrificam para comprar um presente maravilhoso para um namorado e não fazem nada de especial para a mãe.

Esses dias o Pr. Gleidson afirmou que existem pessoas que ganham um salário mínimo, compram um celular de 800 reais para o namorado e não são capazes de dar nada para a mãe em datas especiais.

Você que é casada ensine seus filhos a respeitarem e presentearem sua mãe. Honre a mãe do seu marido!

O próximo domingo tem vários motivos para ser muito especial para você e sua família. O principal motivo é que Deus será o centro e estará promovendo a unidade. 

Que Ele te abençoe e te guarde!

Um abraço!

Rosielly Souza

Como surgiu o Dia das Mães

dia das maes 1

 

Olá! Como estão os preparativos para o dia das mães?

Espero que você esteja preparando algo muito especial!

Lembre- se: o tempo não volta!

Valorize o tempo em família, pois tudo passa rápido demais.

Invista seu tempo e um pouco de dinheiro também!

Ensine isso para as pessoas que você ama!

Segue abaixo um breve texto sobre a origem do dia das mães!

” Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada pela ativista Ann Maria Reeves Jarvis, que fundou em 1858 os Mothers Days Works Clubs com o objetivo de diminuir a mortalidade de crianças em famílias de trabalhadores. Jarvis organizou em 1865 o Mother’s Friendship Days (dias de amizade para as mães) para melhorar as condições dos feridos na Guerra de Secessão que assolou os Estados Unidos no período. Em 1870 a escritora Julia Ward Howe(autora de O Hino de Batalha da República) publicou o manifesto Mother’s Day Proclamation, pedindo paz e desarmamento depois da Guerra de Secessão.3 4

Reconhecida como idealizadora do Dia das Mães na sua forma atual é a filha de Ann Maria Reeves Jarvis, a metodista Anna Jarvis, que em 12 de maio de 1907, dois anos após a morte de sua mãe, criou um memorial à sua mãe e iniciou uma campanha para que o Dia das Mães fosse um feriado reconhecido. Ela obteve sucesso ao torná-lo reconhecido nos Estados Unidos em 8 de maio de 1914, quando a resolução Joint Resolution Designating the Second Sunday in May as Mother’s Day foi aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos, instalando o segundo domingo do mês de maio como Dia das Mães. No âmbito desta resolução o Presidente dos Estados Unidos Thomas Woodrow Wilson proclamou no dia seguinte que no Dia das Mães os edifícios públicos devem ser decorados com bandeiras. Assim, o Dia das Mães foi celebrado pela primeira vez em 9 de maio de 1914.5 6

Com a crescente difusão e comercialização do Dia das Mães Anna Jarvis afastou-se do movimento, lamentou a criação e lutou para a abolição do feriado.7

Dados históricos

No Brasil, em 1932, o então presidente Getúlio Vargas, a pedido das feministas da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, oficializou a data no segundo domingo de maio. A iniciativa fazia parte da estratégia das feministas de valorizar a importancia das mulheres na sociedade, animadas com as perspectivas que se abriram a partir da conquista do direito de votar, em fevereiro do mesmo ano. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.8

Em Portugal, o Dia da Mãe é comemorado no primeiro domingo de Maio, seguindo a tradição da Igreja Católica que neste mês celebra Santa Maria, Mãe de Jesus (em particular Nossa Senhora de Fátima), embora durante muitos anos tivesse sido comemorado no dia 8 de Dezembro, dia da Nossa Senhora da Conceição.9

Importância econômica

No Brasil e nos Estados Unidos o Dia das Mães é a segunda melhor data do comércio, depois do Natal.10 11 A National Retail Federationnota 1 (Federação Nacional de Varejo norte-americana) estimou para 2012 que os gastos para o Dia das Mães devem ultrapassar $18.6 bilhões ($152 por pessoa) nos Estados Unidos.12“.

FONTE: Wikipedia.  http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_M%C3%A3es

Que Deus abençoe seu fim de semana e preparativos!

Um abraço!

Rosielly Souza

O choro pode durar uma noite…

6

 

Olá! Espero que tudo esteja bem com você!

Ontem tive a oportunidade presenciar uma mulher recebendo uma notícia terrível. Seu filho de 15 anos que havia sofrido um grave acidente faleceu. Não consigo expressar com palavras o sofrimento e a tristeza daquela mãe. Quando tudo passou e ela foi embora orei a Deus e fiquei pensando em como seriam os próximos dias dela!

Me lembrei da minha grande tristeza ao perder meu irmão quando ele tinha 43 anos, mas principalmente de como minha mãe sofreu. me lembrei ainda de como o Senhor cuidou de nós e supriu nossas necessidades naqueles dias tão difíceis.

Ontem o ” dia mal” a ” noite” bateu na porta daquela mulher e pode chegar para mim e para você! Fiquei meditando no Salmo  49:5 e  Salmo 37:19.

Pensei nesses versículos e no quanto devemos estar próximos de Deus para conseguir vencer nos dias difíceis. A noite representa aquele momento de sofrimento, de luto, de dor, de provação pelo qual todas nós passamos. Mas Deus nunca nos abandona, Ele é um Deus fiel que escuta as nossas lágrimas e as recolhe para si:

“Tu contas as minhas vagueações; põe as minhas lágrimas no teu odre. Não estão elas no teu livro?” Salmos 56:8.

O Senhor é um Deus presente e Ele deseja confortar a alma aflita e como Pai nos embalar no Seu colo quando estamos tristes. Ele nos convida a ir até Ele para receber Sua consolação:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Mateus 11:28).

Quando nos mantemos fiéis a Deus mesmo em momentos assim, Ele derrama a Sua paz sobre nós, dando-nos forças para continuar crendo firmemente na Suas promessas. Não podemos desfalecer em meio a aflição, temos que ser vigilantes e cautelosos durante o momento “noite” para que não venhamos a cair ou desanimar de permanecer esperando pelo dia que virá. Mesmo com lágrimas no rosto não podemos parar de lutar e continuar crendo que o sol irá brilhar. As adversidades vêm às vezes querendo derrubar tudo a nossa volta, e é nessas horas que podemos ser tentados a desistir dos nossos ideais, dos nossos sonhos, de coisas que são importantes para nós. Mas a palavra de Deus nos encoraja a continuar perseverando mesmo em meio a dor e a tristeza (“Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.

Mesmo que seja difícil, devemos aceitar o tempo de Deus na nossa vida e deixar com que o Pai use as nossas lágrimas para nos aproximar mais Dele.

Tudo na nossa vida acontece por causa dos propósitos insondáveis que o Pai tem para vida de cada um dos Seus filhos, nós fazemos parte de um plano maior e lindo que Ele tem estabelecido desde o princípio.

Tenha fé, persevere em meio a dor e nunca esqueça que o choro pode durar por um pouco de tempo e a noite pode ser longa, mas em breve Deus fará nascer um novo dia para você.

Tenho certeza que se aquela mulher que perdeu o filho buscar ao Senhor de todo coração, ela conseguirá passar por essa dificuldade, pois a força dela virá do Senhor!

Que você esteja buscando maior intimidade com o Senhor e que Ele ilumine, te guie e te proteja nas adversidades!

Tenha uma boa semana!

Rosielly Souza

Estudo sobre a Páscoa- EBD

10995115_879401592082786_6322157470881671089_n

 

Olá! Amanhã estaremos aprendendo um pouco mais sobre o significado da páscoa!

Que Deus abençoe seu final de semana e que você aproveite esses dias para refletir sobre o grande amor que Jesus tem por você!

Um abraço e bom feriado!

Rosielly Souza

Foi por você…

mmm

 

Olá! Nesses dias temos que buscar uma reflexão sobre nossa vida espiritual e como está nossa busca pela presença de Deus!

A oração move tudo em nossa vida, nos aproxima de Deus! 

Além disso, ela realmente move o coração de Deus!

Tudo que Jesus passou na cruz passou na cruz foi por amor a mim e a você!

Quanta dor ele passou, quanto sofrimento!

Tudo foi por amor a nós!

Pense nisso! Busque mudança!

Um abraço!

Rosielly Souza