Arquivo de Tag | salvação

Mãe não é pra sempre…

 

Resultado de imagem para mae e filho

Olá minha irmã! A graça e a paz do Senhor Jesus!

Durante os últimos meses minha mãe passou por graves problemas de saúde. Há duas semanas o Senhor Jesus a recolheu. Foi um período muito difícil e doloroso, mas de grande crescimento que o Senhor me concedeu. Por isso, existem tantas coisas que posso compartilhar e são tantos temas que vem a minha cabeça. Te convido a refletir sobre cada tema abaixo e, se possível (mesmo sem conhecer o conteúdo), faça uma análise da sua vida em cada tópico. 

 

  • Busque intimidade e tranquilidade em Deus para fazer o que está a seu alcance para cuidar dos seus pais. 
  • Você já tem ideia do que sua mãe fez por você? Do que ela abriu mão?
  • O que dá mais alegria para a sua mãe?
  • Como sua mãe fica ao ganhar um presente? Você tem presenteado sua mãe?
  • Quando um simples gesto faz do a diferença!
  • O amor e a importância da igreja na doença…
  • Mulheres da igreja: elas amam mesmo, como esquecer aquele olhar!
  • Descobri uma parte dela que eu não conhecia!
  • Não dá para esquecer a expressão da minha mãe ao comer aquela comida…
  • Minha experiência ao ver minha mãe adoecer dia após dia…
  • Responsabilidade em apresentar Jesus no momento de dor
  • Minha mãe queria viver…
  • Sem a mãe, sem a casa, sem ponto de encontro…
  • Ela tinha medo!
  • Trabalhou, correu e sobrou…
  • Como é ver alguém que você ama debilitado e dependente…
  • As dificuldades da família quando alguém adoece
  • As dificuldades dos irmãos para prestar cuidados aos pais na velhice
  • Relacionamento entre irmãos na doença…
  • Diferenças religiosas e culturais na família
  • Mãe: organizada, trabalhadora e dedicada
  • Cuidando dos pais ensino meus filhos
  • Ela não sentava pra comer, ficava olhando pra nós!
  • Filhos: cada um é diferente, mas se esforça como pode
  • Filhos e a importância da unidade familiar ser construída a cada dia
  • E agora? Um pra cada lado?
  • Confiança em Jesus no luto
  • A dor traz experiência e algo que você nunca imaginou
  • Perdas e o ciclo de vida
  • Com ou sem culpa?
  • Um dia de cada vez na doença: não se desespere!
  • O que é dar tudo de si?
  • Tão simples assim!
  • Será que estou dando a atenção que meu marido e filhos merecem
  • No final a casa
  • Os vizinhos
  • União familiar no tempo de crise
  • O que faria Jesus no meu lugar?
  • Cuidado com as atitudes e palavras, você se lembrará delas um dia
  • Um dia você terá muito tempo para pensar em tudo que você fez
  • Na dor Deus manda consolo que nos surpreende
  • No luto Deus te capacita
  • Na morte e sofrimento de alguém tão próximo descobrimos que a morte é real
  • A vida passa rápido, cuidado com os vícios simples do dia- a – dia!
  • Valorize seu tempo e fique com quem mais te ama! O tempo não volta!
  • Cuide dos seus pais, mas não se esqueça do seu marido e filhos!
  • Afinal, quem é minha família?
  • Na dor nos aproximamos mais do Senhor, ele nos acalma e consola
  • A família do interior que você quase nunca visita
  • Deus manda pessoas que você nem esperava. Atos são maiores que palavras!
  • Meu marido é um herói! Ele me entendeu em momentos tão tristes e difíceis…
  • Como retribuir tanto amor e cuidado?

Minha irmã,  existe uma infinidade de experiências! Espero poder colaborar para que você possa refletir sobre seu papel como filha, esposa, mãe, profissional e serva do Senhor!

Ainda dá tempo de fazer muita coisa. Aproveite as oportunidades que O Senhor te dá.

Que o Senhor te dê sabedoria, te proteja e te guarde!

Um abraço!

Rosielly Souza

Anúncios

Coisas Extraordinárias…

Resultado de imagem para mulher adorando

         Só sei que quando o culto terminou descobri que aquela emoção e alegria toda não foi sentida apenas por mim… Muitas pessoas sentiram a mesma coisa! O que era isso? Uma comoção em massa? Não! Era o Espírito Santo agindo! É claro que cada pessoa reage de um jeito… mas de uma coisa tenho certeza: PARA QUE ESTEJAMOS SENSÍVEIS AO SENHOR É PRECISO BUSCÁ- LO. Não adianta chegar na igreja e querer sentir TUDO… sem ter buscado de coração antes no secreto! Não é preciso ficar procurando culpados por  não sentir a Presença. Por isso, é importante lembrar: somente você é responsável por sua busca ao Senhor. Inclusive, pode haver uma multidão, mas o Senhor conhece o seu coração e sabe se você está sensível ou não a voz do Espírito Santo.

Olá! Nesse corre- corre de tantas atividades precisamos valorizar os momentos e oportunidades que o Senhor nos dá!

Agora a pouco, no meu trabalho,  tive a oportunidade de conversar com uma mulher que está há vários anos na igreja, inclusive ela disse que se um dia fosse escrever poderia citar o que ela me perguntou e a minha resposta…

Ela disse que está achando que a igreja não recebe o louvor, que a igreja está fria, que as vezes sente alegria lá, gosta de algumas pessoas, mas logo começa a observar as coisas e fica magoada porque sabe que é capaz de fazer muito mais para Deus…

Percebi logo que ela parou de sonhar com a igreja e com salvação e transformação de vidas. Parou de desejar fazer o melhor para o Senhor, de se alegrar com a missão do pastorado(isso mesmo!), e principalmente esqueceu o principal: de orar e buscar compreender tudo de acordo com a visão do Senhor! Ela estava tão consumida por olhar os problemas que parou de se emocionar na presença do Senhor!

Ouvi, ouvi… falei o que o Senhor me tocou para falar, mas finalizei contando sobre minha experiência…

Tenho vivido coisas extraordinárias na igreja, pois tudo que pedi por muito tempo ao Senhor está começando a acontecer muito melhor que pensei. O culto do ultimo domingo é um ótimo exemplo:

  • Tudo inciou com o louvor…
  • Um irmão contou um testemunho tão edificante…( era tanta benção que ele estava até preocupado de esquecer alguma coisa). Ele contou das maravilhas que o Senhor havia feito. Na hora viajei no tempo… lembrei de como ele era aos oito anos… Isso mesmo! Fui professora de EBD dele! Lembrei do passado e no quanto Deus é fiel, na linda esposa que ele tem e nos dois filhos. Pensei: Nossa Jesus… isso é só o início do que o Senhor tem para ele e para essa igreja.
  • A ministração da palavra também me tocou muito… Pensei demais! O Senhor nos convidou a refletir: de onde viemos, como éramos e como estamos agora. Ele tem nos sustentado!!!
  • Ele também continuou tocando através da ceia…
  • Ocorreu a Convenção Ministerial, onde seis pessoas foram consagradas, dentre elas três eram mulheres jovens. Foi impressionante! Elas colocaram os pés na escada do altar, comecei a sentir uma alegria tão grande que chorei sem ver. A verdade é que eu chorei demais, porque pensei em cada uma decidindo pelo diaconato… Na vontade delas em servir ao Senhor! Cada uma com um história diferente, mas com o propósito de servir ao Senhor!
  • Só sei que quando o culto terminou descobri que aquela emoção toda não foi sentida apenas por mim… Muitas pessoas sentiram a mesma coisa! O que era isso? Uma comoção em massa? Não! Era o Espírito Santo agindo! É claro que cada pessoa reage de um jeito… mas de uma coisa tenho certeza: PARA QUE ESTEJAMOS SENSÍVEIS AO SENHOR É PRECISO BUSCÁ- LO. Não adianta chegar na igreja e querer sentir TUDO… sem ter buscado no secreto… Não é preciso ficar procurando culpados por  não sentir a presença. Por isso, é importante lembrar: somente você é responsável por sua busca ao Senhor. Inclusive, pode haver uma multidão, mas o Senhor conhece o seu coração e sabe se você está sensível ou não a voz do Espírito Santo.

Portanto, terminamos a conversa e ela saiu com o propósito de orar mais, independente dos problemas. Saiu com a vontade de pedir para que o Senhor a mude por dentro. O ponto de vista sobre os problemas e a igreja depende da vida espiritual que opta ter!

Minha irmã, pense nisso também!

Que o Senhor abençoe a sua semana!

Um abraço!

Rosielly Souza