Arquivo de Tag | fidelidade

Mulher Pacificadora

Olá minha irmã, espero que tudo esteja bem com você!

Há duas semanas estou estudando sobre a vida de Abigail com o objetivo de aprender mais sobre ela. Além disso, estarei atendendo um pedido de uma líder de mulheres que conduzirá uma reunião com esse tema em outubro. Portanto, estarei fazendo uma síntese dos pontos marcantes que encontrei para redigir a dinâmica. É claro que a Palavra do Senhor se revela de várias formas para cada uma que se propõem a estudá- la, por isso farei apenas uma síntese.

Samuel morreu, e todo o Israel se reuniu e o pranteou; e o sepultaram onde vivia, em Ramá. Depois Davi foi para o deserto de Maom.

Certo homem de Maom, que tinha seus bens na cidade de Carmelo, era muito rico. Possuía mil cabras e três mil ovelhas, as quais estavam sendo tosquiadas em Carmelo.

Seu nome era Nabal e o nome de sua mulher era Abigail, mulher inteligente e bonita; mas seu marido, descendente de Calebe, era rude e mau.

No deserto, Davi ficou sabendo que Nabal estava tosquiando as ovelhas.

Por isso, enviou dez rapazes e lhes disse: “Levem minha mensagem a Nabal, em Carmelo, e o cumprimentem em meu nome.

Digam-lhe: ‘Longa vida para o senhor! Muita paz para o senhor e sua família! E muita prosperidade para tudo que é teu! ’

‘Sei que estás tosquiando tuas ovelhas. Quando os teus pastores estavam conosco, nós não os maltratamos, e durante todo o tempo em que estiveram em Carmelo não se perdeu nada que fosse deles.

Pergunte a eles, e eles lhe dirão. Por isso, seja favorável, pois estamos vindo em época de festa. Por favor, dá a nós teus servos e a teu filho Davi o que puderes’ “.

Os rapazes foram e deram a Nabal essa mensagem, em nome de Davi. E ficaram esperando.

Nabal respondeu então aos servos de Davi: “Quem é Davi? Quem é esse filho de Jessé? Hoje em dia, muitos servos estão fugindo de seus senhores.

Por que deveria eu pegar meu pão e minha água, e a carne do gado que abati para meus tosquiadores, e dá-los a homens que vêm não se sabe de onde? “

Então, os mensageiros de Davi voltaram, e ao chegarem, relataram a ele cada uma dessas palavras.

Davi ordenou a seus homens: “Ponham suas espadas na cintura! ” Assim eles fizeram e também Davi. Cerca de quatrocentos homens acompanharam Davi, enquanto duzentos permaneceram com a bagagem.

Um dos servos disse a Abigail, mulher de Nabal: “Do deserto, Davi enviou mensageiros para saudar o nosso senhor, mas ele os insultou.

No entanto, aqueles homens foram muito bons para conosco. Não nos maltrataram, e, durante todo o tempo em que estivemos com eles nos campos, nada perdemos.

Dia e noite eles eram como um muro ao nosso redor, durante todo o tempo em que estivemos com eles cuidando de nossas ovelhas.

Agora, leve isso em consideração e veja o que a senhora pode fazer, pois a destruição paira sobre o nosso senhor e sobre toda a sua família. Ele é um homem tão mau que ninguém consegue conversar com ele”.

Imediatamente, Abigail pegou duzentos pães, duas vasilhas de couro cheias de vinho, cinco ovelhas preparadas, cinco medidas de grãos torrados, cem bolos de uvas passas e duzentos bolos de figos prensados, e os carregou em jumentos.

E disse a seus servos: “Vocês vão na frente; eu os seguirei”. Ela, porém, nada disse a Nabal, seu marido.

Enquanto ela ia montada num jumento, encoberta pela montanha, Davi e seus soldados estavam descendo em sua direção, e ela os encontrou.

Davi tinha dito: “De nada adiantou proteger os bens daquele homem no deserto, para que nada se perdesse. Ele me pagou o bem com o mal.

Que Deus castigue a Davi, e o faça com muita severidade, caso até de manhã eu deixe vivo um só do sexo masculino de todos os que pertencem a Nabal! “

Quando Abigail viu Davi, desceu depressa do jumento e prostrou-se perante Davi, rosto em terra.

Ela caiu a seus pés e disse: “Meu senhor, a culpa é toda minha. Por favor, deixa a tua serva lhe falar; ouve o que ela tem a dizer.

Meu senhor, não dês atenção àquele homem mau, Nabal. Ele é insensato, conforme o seu nome significa; e a insensatez o acompanha. Contudo, eu, tua serva, não vi os rapazes que meu senhor enviou.

“Agora, meu senhor, juro pelo nome do Senhor e por tua vida que foi o Senhor que o impediu de derramar sangue e de vingar-se com tuas próprias mãos. Que teus inimigos e todos os que pretendem fazer-te mal sejam castigados como Nabal.

E que este presente que esta tua serva trouxe ao meu senhor seja dado aos homens que o seguem.

Esqueça, eu te suplico, a ofensa de tua serva, pois o Senhor certamente fará um reino duradouro para ti, que travas os combates do Senhor. E em toda a tua vida, nenhuma culpa se ache em ti.

Mesmo que alguém te persiga para tirar-te a vida, a vida de meu senhor estará firmemente segura como a dos que são protegidos pelo Senhor teu Deus. Mas a vida de teus inimigos será atirada para longe como por uma atiradeira.

Quando o Senhor tiver feito a meu senhor todo o bem que prometeu e te tiver nomeado líder sobre Israel,

meu senhor não terá no coração o peso de ter derramado sangue desnecessariamente nem de ter feito justiça com as próprias mãos. E, quando o Senhor tiver abençoado a ti, lembra-te de tua serva”.

Davi disse a Abigail: “Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel, que hoje a enviou ao meu encontro.

Seja você abençoada pelo seu bom senso e por evitar que eu hoje derrame sangue e me vingue com minhas próprias mãos.

De outro modo, juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel, que evitou que eu lhe fizesse mal, se você não tivesse vindo depressa encontrar-me, nem um só do sexo masculino pertencente a Nabal teria sido deixado vivo ao romper do dia”.

Então Davi aceitou o que ela havia lhe trazido e disse: “Vá para sua casa em paz. Ouvi o que você disse e atenderei o seu pedido”.

Quando Abigail retornou a Nabal, ele estava dando um banquete em casa, como um banquete de rei. Ele estava alegre e bastante bêbado, e ela nada lhe falou até o amanhecer.

De manhã, quando Nabal estava sóbrio, sua mulher lhe contou todas essas coisas; ele sofreu um ataque e ficou paralisado como uma pedra.

Cerca de dez dias depois, o Senhor feriu a Nabal, e ele morreu.

Quando Davi soube que Nabal estava morto, disse: “Bendito seja o Senhor, que defendeu a minha causa contra Nabal, por ter me tratado com desprezo. O Senhor impediu seu servo de praticar o mal e fez com que a maldade de Nabal caísse sobre sua própria cabeça”. Então Davi enviou uma mensagem a Abigail, pedindo-lhe que se tornasse sua mulher.

Seus servos foram a Carmelo e disseram a Abigail: “Davi nos enviou a você para levá-la para tornar-se mulher dele”.

Ela se levantou, depois inclinou-se rosto em terra e disse: “Aqui está a sua serva, pronta para servi-los e lavar os pés dos servos de meu senhor”.

Abigail logo montou num jumento e, acompanhada por suas cinco servas, foi com os mensageiros de Davi e tornou-se sua mulher.

1 Samuel 25:1-42

Lendo o texto bíblico fica bem claro que Abigail tinha sua vida embasada em princípios e ela não se importava com fatores externos porque sabia o que era certo e errado diante do Senhor. Por isso, ela foi honrada.

Ocorreu um conflito sério entre Nabal e Davi, mas ela foi prudente e corajosa sabendo intervir no momento certo. Com isso, ela evitou que Davi pecasse, evitou a morte do seu marido e também cuidou de Davi e de seus homens. Além disso, ela foi grandemente honrada no final.

Fica nítido que ela foi apaziguadora, sabia, sensata… ela era formosa também. Sabemos que quando uma serva do Senhor tem essas qualidades ela se torna mais bonita não só de coração, mas por fora também, devido a presença do Senhor no olhar dela.

Ela transmitia a paz. Ela sabia quem era o Senhor, sabia que Ele era o centro da vida dela e que quando ocorresse algum problema Ele a carregaria no colo.

Ela desejava estar na presença do Senhor. A passagem bíblica dá para perceber que ela não se desesperou com aquela dificuldade. Mesmo tendo um marido muito difícil. Imagine quantas coisas ela já tinha passado com aquele marido difícil. Ela sabia que o Senhor estava com ela.

Ela confiou de verdade no Senhor. O foco principal para ela era o Senhor. Diferente de algumas mulheres que focam outras coisas: filhos, trabalho, estudos, namorados, luta pelo corpo perfeito e melhora da aparência. Quando não se tem o Senhor em primeiro lugar os problemas se tornam imensos.

Devido a sua atitude de amor e temor, nosso Deus transformou uma mulher simples em rainha.

Falar de Jesus é fácil, mas será que de fato estamos parecidas com Ele? Será que na hora de conflitos e dificuldades eu promovo a paz ou a discórdia? Realmente sei me calar e falar com fase nos princípios Dele?

Jesus é o Príncipe da paz, devemos ser pacificadoras e Abigail é um exemplo bem atual sobre como devemos agir. Deve haver um desejo crescente em nós de nos parecer com o Senhor e devemos semear a paz por onde passarmos. Já pensou em como sua família te vê? Como você realmente é? Os anos estão passando e será que você realmente está se deixando transformar? Ou está do mesmo jeito?

Minha irmã que essas palavras possam entrar no coração.

No próximo post trarei 3 sugestões de dinâmicas de introdução e a de finalização.

Um abraço! Rosielly Souza

Anúncios

Quem é você?

Olá minha irmã, para falar sobre quais passos devemos seguir para melhorar os relacionamentos e a comunicação, primeiro gostaria de ressaltar o seguinte: para entender o outro primeiro você tem que saber quem você é.

É bom compreender que a sociedade determina quem você é pelo que você faz ou possui, mas o Senhor te conhece como você é. Ele conhece nossa essência real e nada pode mudar isso. Nos conhece e sabe até onde podemos ir, nos capacita para aprender e melhorar a cada dia.

Então, muitas mulheres não sabem falar realmente quem são ou até nunca fizeram essa reflexão. Você já pensou sobre isso?

Vou te dar um exemplo baseado em mim: Quem sou eu? Tenho 43 anos, sou enfermeira, mãe de uma filha de 11 anos, sou a esposa do Pr. Gleidson, sou pastora. Simples não é? Mas na verdade quando vou falar de mim não sou apenas isso. Quando penso em quem sou devo me lembrar de tudo que vivi até aqui, inclusive minhas qualidades e defeitos.

Olhando o meu exemplo você consegue falar sobre quem você é? Pensar nas sua qualidades e defeitos? É engraçado que nossa tendência é exacerbar(aumentar) nossas qualidades e defeitos..

Por isso, nunca podemos esquecer de onde viemos e onde Deus nos colocou, nossa história, tudo que vivemos e ainda vamos viver na presença Dele. Ele fez grandes milagres em nós e tem grandes promessas, pois devemos melhorar a cada dia mais até chegar o dia em que iremos morar com Ele e o veremos face a face.

É muito importante compreender o que é identidade porque somos diferentes. Mesmo se eu e você vivermos a mesma situação no mesmo lugar com certeza poderemos ter percepções diferentes e guardar na memória coisas diferentes. Isso acontece porque identidade é o conjunto das seguintes coisas: impressão digital, história, cor dos olhos, sonhos,família, situações que vivemos, esportes que pratiquei, viagens, medalhas, notas, profissão, entre outras coisas, conhecimento adquirido, preconceitos, empatia, todas as decisões que tomei na vida e inclusive as que não tomei…

Então, entendendo quem eu sou, que sou fruto de um projeto maior de Deus ficará muito mais fácil compreender que todas as pessoas que eu convivo e discuto tem uma identidade e vivência diferente da minha.

Inclusive em um post futuro podemos falar sobre nossa identidade em Deus, com passagens bíblicas, e como Ele sonhou conosco antes mesmo de estarmos no ventre de nossa mãe. No momento, quero muito que você entenda: quem realmente você é, quais são suas potencias(qualidades) e falhas(defeitos) e que todos tem uma identidade.

Com certeza, reconhecer e compreender isso pode ser um grande passo na sua vida e porque o Senhor te capacitará para buscar Nele mais paciência e sabedoria para compreender que na maioria das vezes as pessoas olham as mesmas coisas que você vê, mas de outro ângulo de acordo com a identidade.

Novamente o post está ficando longo… Então te convido a orar ao Senhor da sua maneira, mas não se esqueça de pedir para que Ele te ilumine para se lembrar de quem você é, quais são seus pontos fortes e fracos. Inclusive você pode anotar para colocar em seus alvos de oração. Também peça à Ele que te dê discernimento para ver as pessoas além da aparência buscando compreender a identidade delas.

Por favor, faça isso! Te peço porque sei que será muito bom para você e isso pode mudar tudo. Jesus sempre olhava as pessoas com amor, porque Ele via além, e é isso que Ele quer nos ensinar.

Então sabendo quem você é ficará mais fácil ter a verdadeira felicidade no Senhor, pois Ele sim sabe como você está e o onde você pode chegar.

Um abraço! Deus te abençoe!!!

Rosielly Souza

CIRCUNSTÂNCIAS…

Olá minha irmã! Desejo de coração que a paz e graça do Nosso Senhor esteja sobre sua vida.

Existem dias que são tão difíceis! Situações duras que nunca poderíamos imaginar… No momento de dificuldade nem pensamos que com a experiência em Deus a gente aprende que tudo  passa. Além disso, o Senhor sempre nos ensina demais!!!

Nesses dias devemos ficar como em II Coríntios 4,9:

Atribulados, mas não angustiados.

Perplexos, mas não desanimados

Abatidos, mas não destruídos.

Todas as alegrias e tristezas que nos acontecem podem nos aproximar ou nos afastar de do Senhor. A questão é: POSICIONAMENTO.

NÃO DEVEMOS BUSCAR UM RELACIONAMENTO COM DEUS BASEADO EM CIRCUNSTÂNCIAS.

Infelizmente as pessoas têm grande parte dos relacionamentos baseados na troca. Com Deus então isso é muito claro. Se podemos perceber isso, imagine Ele que sonda nossos corações!!!

Queremos muito receber de Deus, mas nos esquecemos de OFERECER…

Fico pensando aqui… Ele sabe de verdade aquele que o ama sem olhar para as conquistas, problemas e circunstâncias. Ele olha em nossa direção e sabe se estamos entregues de fato pelo que ELE É.

Porque lá no final da nossa vida, talvez antes de morrer, poderemos estar em uma cama esperando Ele chamar, estaremos felizes por tudo que vivemos aqui e tendo a certeza de que viveremos na glória com ELE. Minha irmã! É por isso que estamos aqui… para depois estarmos com Ele para sempre.

Se entregue à ELE de verdade, principalmente no momento difícil.

Que Ele te abençoe e te guarde!

Um abraço!

Rosielly Souza

 

 

 

 

Coisas Extraordinárias…

Resultado de imagem para mulher adorando

         Só sei que quando o culto terminou descobri que aquela emoção e alegria toda não foi sentida apenas por mim… Muitas pessoas sentiram a mesma coisa! O que era isso? Uma comoção em massa? Não! Era o Espírito Santo agindo! É claro que cada pessoa reage de um jeito… mas de uma coisa tenho certeza: PARA QUE ESTEJAMOS SENSÍVEIS AO SENHOR É PRECISO BUSCÁ- LO. Não adianta chegar na igreja e querer sentir TUDO… sem ter buscado de coração antes no secreto! Não é preciso ficar procurando culpados por  não sentir a Presença. Por isso, é importante lembrar: somente você é responsável por sua busca ao Senhor. Inclusive, pode haver uma multidão, mas o Senhor conhece o seu coração e sabe se você está sensível ou não a voz do Espírito Santo.

Olá! Nesse corre- corre de tantas atividades precisamos valorizar os momentos e oportunidades que o Senhor nos dá!

Agora a pouco, no meu trabalho,  tive a oportunidade de conversar com uma mulher que está há vários anos na igreja, inclusive ela disse que se um dia fosse escrever poderia citar o que ela me perguntou e a minha resposta…

Ela disse que está achando que a igreja não recebe o louvor, que a igreja está fria, que as vezes sente alegria lá, gosta de algumas pessoas, mas logo começa a observar as coisas e fica magoada porque sabe que é capaz de fazer muito mais para Deus…

Percebi logo que ela parou de sonhar com a igreja e com salvação e transformação de vidas. Parou de desejar fazer o melhor para o Senhor, de se alegrar com a missão do pastorado(isso mesmo!), e principalmente esqueceu o principal: de orar e buscar compreender tudo de acordo com a visão do Senhor! Ela estava tão consumida por olhar os problemas que parou de se emocionar na presença do Senhor!

Ouvi, ouvi… falei o que o Senhor me tocou para falar, mas finalizei contando sobre minha experiência…

Tenho vivido coisas extraordinárias na igreja, pois tudo que pedi por muito tempo ao Senhor está começando a acontecer muito melhor que pensei. O culto do ultimo domingo é um ótimo exemplo:

  • Tudo inciou com o louvor…
  • Um irmão contou um testemunho tão edificante…( era tanta benção que ele estava até preocupado de esquecer alguma coisa). Ele contou das maravilhas que o Senhor havia feito. Na hora viajei no tempo… lembrei de como ele era aos oito anos… Isso mesmo! Fui professora de EBD dele! Lembrei do passado e no quanto Deus é fiel, na linda esposa que ele tem e nos dois filhos. Pensei: Nossa Jesus… isso é só o início do que o Senhor tem para ele e para essa igreja.
  • A ministração da palavra também me tocou muito… Pensei demais! O Senhor nos convidou a refletir: de onde viemos, como éramos e como estamos agora. Ele tem nos sustentado!!!
  • Ele também continuou tocando através da ceia…
  • Ocorreu a Convenção Ministerial, onde seis pessoas foram consagradas, dentre elas três eram mulheres jovens. Foi impressionante! Elas colocaram os pés na escada do altar, comecei a sentir uma alegria tão grande que chorei sem ver. A verdade é que eu chorei demais, porque pensei em cada uma decidindo pelo diaconato… Na vontade delas em servir ao Senhor! Cada uma com um história diferente, mas com o propósito de servir ao Senhor!
  • Só sei que quando o culto terminou descobri que aquela emoção toda não foi sentida apenas por mim… Muitas pessoas sentiram a mesma coisa! O que era isso? Uma comoção em massa? Não! Era o Espírito Santo agindo! É claro que cada pessoa reage de um jeito… mas de uma coisa tenho certeza: PARA QUE ESTEJAMOS SENSÍVEIS AO SENHOR É PRECISO BUSCÁ- LO. Não adianta chegar na igreja e querer sentir TUDO… sem ter buscado no secreto… Não é preciso ficar procurando culpados por  não sentir a presença. Por isso, é importante lembrar: somente você é responsável por sua busca ao Senhor. Inclusive, pode haver uma multidão, mas o Senhor conhece o seu coração e sabe se você está sensível ou não a voz do Espírito Santo.

Portanto, terminamos a conversa e ela saiu com o propósito de orar mais, independente dos problemas. Saiu com a vontade de pedir para que o Senhor a mude por dentro. O ponto de vista sobre os problemas e a igreja depende da vida espiritual que opta ter!

Minha irmã, pense nisso também!

Que o Senhor abençoe a sua semana!

Um abraço!

Rosielly Souza

A hora da decisão


27bcc-555219_514027805316747_1011810227_n

Olá minha irmã! É impressionante como Deus coloca pessoas e situações em nossas vidas…

Gostaria de relatar duas situações que vivenciei que duraram apenas dez minutos hoje. Essas situações demonstram o quanto podemos fazer  a diferença na vida das pessoas com simples gestos.

Não sei se você sabe, sou pastora, mas sou enfermeira e trabalho em um Pronto Socorro. 

Havia uma mulher de 36 anos que estava sentindo uma forte dor abdominal, ela estava com uma barriga muito grande, como se estivesse grávida de nove meses, mas na verdade ela estava com ascite(conhecida popularmente como barriga d’ água). Como ela ainda não havia sido avaliada, levei a paciente ao box de emergência para que o médico a examinasse. Expliquei que provavelmente ele iria fazer um procedimento para retirar o líquido da barriga, com isso a dor passaria. Quando o médico estava chegando para examiná- la ela pediu que desse minha mão para ela. Segurou minha mão bem forte, olhou nos meus olhos querendo chorar e disse: “enfermeira eu estou com muito medo”. Naquela hora, olhei bem firme nos olhos dela e disse que Deus estava encaminhando tudo e que era para ela botar todo seu medo, inclusive sua vida nas mãos do Senhor! Disse que Ele tinha um plano muito especial para ela e que era muito preciosa para Ele. Ao falar isso, percebi que o olhar dela mudou! Deus realmente deu confiança para aquela mulher. Organizei tudo e a deixei para ser atendida pela equipe.

Ao sair de lá passei pelo corredor do pronto socorro e percebi que um homem que eu havia atendido há cinco dias que estava catatônico( sem responder a nenhum estímulo, parado) já estava sentando. Eu passei por ele e disse: Oooiii! Tudo bem com você? Quando ele ia mudando a fisionomia disse: Vai falarrrr? Você quer falar??? Não acreditooooo!!! Ele sorriu meio de lado. Então eu parei entrei no box que ele estava e olhei para ele. Vi que havia uma Bíblia do lado da sua cama. Disse para ele que por mais que ele se sentisse sozinho, sem a família naquele momento, Deus jamais o desampararia. Perguntei se ele conhecia a Bíblia. Ele olhou para mim e para ela demonstrando que sim. Vi que na Bíblia tinha o nome dele, algumas passagens sublinhadas e uma foto dele saudável. Falei que ele era o templo de Deus que ele precisava se alimentar… Sai de lá feliz, mesmo sem ele ter me dito nenhuma palavra, pois senti que algo ia fazer a diferença.

Após passar por essas situações diárias, e até ” corriqueiras”no hospital, compreendo o que Deus quer de mim e que ainda tenho muito para melhorar! É preciso estar sensível a voz Dele para ser instrumento com serenidade. Digo serenidade porque Deus não pode ser imposto. No hospital também vejo muita gente pregando que Deus é “fogo consumidor”, muitos falam de forma “fanática” e amedrontam quem está por perto. Por esse motivo tem muito doente aceitando a Jesus “no susto”.

E você? No seu trabalho, na sua casa, nos seus estudos, você já percebeu que pode fazer muito mais? Já percebeu que pode ser um canal de benção na vida de pessoas que você nem imagina.

Na prática, quando as circunstâncias ocorrem muitas de nós faz de conta que não viu ou simplesmente não dá importância!!! Isso é fato!

Desejo de todo coração que você possa ser luz onde estiver, que você faça tudo com excelência e que você ame ao próximo como si mesma, pois é isso que desejo para mim também.

O amor de Deus, a graça do nosso Senhor Jesus Cristo e as Consolações do Espírito Santo de Deus estejam sobre sua vida e de sua família.

Um abraço!

Rosielly Souza

Deus NÃO está morto 2

maxresdefault

Olá! No início de abril o Filme Deus não está morto 2 entrou em cartaz nos cinemas brasileiros. O que tenho a dizer sobre esse filme?

O filme simplesmente é maravilhoso e nos leva a uma reflexão sobre nossa postura como mulheres cristãs. Ele é baseado em histórias verídicas ocorridas nos Estados Unidos. Vale muito a pena ser visto, inclusive em grupo com o Ministério de Mulheres da igreja.

Sinopse
Quando Grace, uma professora cristã, é questionada sobre Jesus dentro da sala de aula, sua resposta inicia uma perseguição ao direito à crença. Sua fé é colocada à prova ao enfrentar um processo judicial épico que poderá custar-lhe a carreira que ela ama e expulsar Deus da sala de aula – e da esfera pública – de uma vez por todas.

Além de tudo que foi visto, de toda emoção sentida de toda reflexão que o filme proporcionou  foi uma ótima oportunidade de integração para as mulheres do ministério de mulheres da Igreja Viver de Deus, pois nos encontramos no cinema e vimos o filme.

Com certeza ele poderia ser uma ótimo tema de reunião de mulheres.

Se você ainda não viu te convido a ver, pois é muito edificante!

Que Deus te abençoe!

Um abraço!

Rosielly Souza

Dar valor ao que se tem

7-Coisas-Que-Pessoas-Felizes-Evitam-Fazer-00

Olá! Essa semana vivenciei algo muito especial e gostaria de compartilhar com você! Fui em uma clínica de hemodiálise para acompanhar uma pessoa debilitada que ia fazer hemodiálise e me deparei com uma realidade que me entusiasmou…

Fiquei na recepção enquanto aguardava o término do procedimento.

Me sentei e comecei a observar todas aquelas pessoas que estavam na sala de espera aguardando ou se recuperando da sessão de hemodiálise. Vi a face sofrida e cansada de alguns. Pensei em todas as dificuldades que todos que estavam ali passavam, pois três vezes por semana tinham que estar ali uma manhã ou tarde inteira. Imaginei como seria a rotina, as dificuldades, as restrições…

Mesmo com essas dificuldades percebi que eles tinham disposição para conversar e interesse para ouvir uns aos outros. Aquele aperto no peito inicial que senti logo mudou …. senti alegria, pois aquele ambiente que estava em silêncio se tornou uma algazarra. Haviam uns 13 pacientes  eles começaram a conversar uns com os outros, deu para perceber que eles se conheciam devido ao longo tratamento. De repente eles começaram a sorrir e a brincar uns com os outros. Contavam a histórias de como foi a semana, coisas que estavam organizando na igreja, elegeram um idoso como o mais bonito da sala, brincavam tanto, aproveitando aquele momento. Se interessavam uns pelos outros…  Logo uma paciente abriu uma vasilha cheia de bolachas e passou oferecendo para todos dizendo que havia feito para eles. Senti a presença tão grande do Senhor! Fui ao banheiro e orei emocionada, pois a maioria das pessoas que estavam naquela sala conheciam a Jesus e mesmo com o sofrimento do tratamento elas aproveitavam cada minuto. 

E agora te pergunto: você conhece alguém que está passando por algum tratamento de para restaurar a saúde(hemodiálise, câncer…)? As doenças estão aí, tem muita gente sofrendo para voltar a fazer as atividades que faziam antes. Muitas delas conhecem ao Senhor e outras estão sendo apresentadas à Ele. Quem está passando por algo assim quer aproveitar cada minuto para estar com as pessoas que ama e fazer as coisas que gosta.

O ponto que quero chegar é o seguinte, muitas pessoas não têm doença, mas quanto têm um problema “simples”, focam apenas nele. Não conseguem olhar outras coisas!!! Agem de forma egoísta…   Vão sacrificando outras coisas simplesmente por não conseguirem o que querem, não aproveitam o momento que Senhor oferece.                

Tem muita gente querendo mais tempo para viver passando por problemas graves de saúde e abraçam todas as oportunidades para buscar a verdadeira alegria dada pelo Senhor. E existem uma grande maioria de pessoas que tem tempo, mas está jogando fora. O tempo não volta!!!

Eu poderia enumerar tantos exemplos, mas o texto está ficando muito extenso e sei que vai ficando mais difícil você concluir a leitura.

Quero falar mais sobre isso depois…

Que você busque sabedoria para aproveitar todo o tempo que o Senhor tem te dado!

Um abraço e bom fim de semana!

Rosielly Souza