Vaso transbordando… Quero molhar meus pés?

Olá! Será que eu quero molhar meus pés da água que sai do vaso?

Bem, acho que você não entendeu nada, mas vou explicar!

Na última vigília ocorrida na igreja, Deus falou muito com todos os presentes e um jovem transmitiu bem o que Deus queria mostrar para nós.

“Ele disse que teve uma visão do altar  e que havia um vaso cheio de uma água cristalina que transbordava.

Essa água era abundante e jorrava do vaso, ela descia pelo altar e escorria pela igreja.

Escorria de forma que começava a molhar os pés das pessoas que estavam lá.

Haviam pessoas que deixavam que a água molhasse os pés.

Haviam outras que subiam nas cadeiras para que os pés não fossem molhados…”

Impressionante como Deus falou sobre a resistência que nós criamos  e que nos atrapalha.

Por isso, não deixamos que a água da vida nos lave…

Muitas vezes não nos entregamos como Ele merece…

Naquela noite Deus usou muitas pessoas para falar de perdão, de busca e consagração, de relacionamento matrimonial…

Foi lindo!!!

Espero que você deixe que a água do altar do Senhor chegue até você!

Um abraço!

Rosielly Souza

Deus tocou nosso coração na noite de 01 de outubro…

Olá! A última vigília foi maravilhosa!!!

Quando estava lá pedi a Deus  para que me lembrasse um pouco do que foi falado para que eu aplicasse na minha vida e gostaria de compartilhar com você…

Achei tão profundo que vou fragmentar para escrever  para não ficar um texto  extenso.

No início, eu estava em oração, comecei a conversar com o Senhor porque estava preocupada com as pessoas neste mundo que estão com suas vidas  longe dos princípios que Deus  ensina. Me vi tão sensível quando pensei na dissimulação das pessoas neste mundo afora, nas mentiras, na arrogância…

Pessoas (no trabalho, nas ruas, nos jornais, na sociedade em geral) que tem a convicção que estão certas e pronto acabou. São irredutíveis e passam a imagem de fortaleza e que Deus está em último plano. Muitos se detém nos bens, nos conhecimentos adquiridos, na posição social, ou até mesmo em convicções de outras pessoas( que e o que mais acontece!).

Senti um aperto tão grande no coração porque “lá fora” dá a impressão que a lei é salve- se quem puder.

Me vi julgando todo mundo só porque eu estava mais sensível aquele dia! Foi aí que Deus falou comigo…

Eu também sou falha e conheço a palavra. Jesus se entregou por todos!!! 

Percebi que eu deveria estar pedindo perdão porque eu estava errada. Senhor, eu deveria era estar orando por essas pessoas! Foi impressionante! Parece que, por um momento, estava triste e Ele chegou me mostrando outra realidade. Foi lindo! 

De repente o Pr. Gleidson tomou a palavra e leu Mateus, 12, 32- 37. Foi a confirmação de tudo que Deus havia tocado em meu coração, principalmente sobre a palavra ociosa(v. 36). Me senti tão feliz!!!

Daí em diante, minha mente se abriu para cada coisa que foi falada:

– Lave as mãos para comer do banquete. Imagine que alguém preparou um jantar especial para você… Se no caminho você tivesse sujado suas mãos? Você lavaria as mãos antes de comer? Você chegaria imunda em um jantar que alguém preparou especialmente para você?

Pois é, não adianta chegarmos na igreja diante do Dono da festa se nossas mãos estão sujas!!!

O que oferecer? Primeiro é necessário se lavar para chegar para o jantar.

É preciso  ter arrependimento para que fiquemos limpos para o banquete preparado por Deus.

Além disso, Deus falou grandes coisas que tocaram o coração de todos que estavam presentes.

Quero compartilhar, mas farei isso em outro post para que esse não fique longo…

Um abraço e boa semana!

Rosielly Souza

 

Pr.

Libertando de Vícios

Quando você pensa em vício lembra de que?

É tão interessante! Quando pensamos em vícios logo imaginamos drogas, alcoolismo e pessoas distantes de nós.

Não imaginamos que podemos também ter algum vício.

Vício? Eu?

Sim! Tudo que tira meu tempo de buscar a Deus. O que é excesso…

Quer exemplos:

-comer demais, amar muito a comida…

– Facebook o dia todo…

– Celular e produtos eletrônicos.

– Televisão  demais…

– e… várias outras coisas que permitimos roubar o nosso tempo.

Pense nisso!

Um abraço!

Rosielly Souza

100 dias de conquistas… Colocando a casa matrimonial em ordem

551232_286145304852937_903570869_n

 

Olá! Estou postando um texto muito interessante sobre casamento.

Te convido a tirar um tempinho para ler.

Boa leitura e reflexão!

 

” A primeira decisão mais importante que uma pessoa faz na vida é aceitar Jesus. A segunda é com quem se casará. As pessoas, em geral, casam-se por várias razões: para dar visibilidade à relação afetiva, para buscar estabilidade econômica e social, para formar família, procriar e educar filhos, legitimar o relacionamento sexual ou para obter direitos como a nacionalidade.

“Casamento” é o vínculo estabelecido entre duas pessoas mediante o reconhecimento governamental, religioso ou social e que pressupõe uma relação interpessoal de intimidade, embora possa ser visto por muitos como um contrato. A palavra “matrimônio”, ainda que seja compreendida como sinônimo de casamento, é referente exclusivamente à união entre um homem e uma mulher, uma vez que deriva de mater, matris (mãe) no latim clássico.

Um casamento bem-sucedido interfere positivamente em todas as áreas da vida de uma pessoa, ao passo que o contrário também é certo; um mau casamento pode acabar com a vida de qualquer cidadão. Portanto, acertar no casamento é quase que sinônimo de acertar na vida. Infelizmente, não existe uma receita para um bom casamento,pois, espante-se, mas ele já nasce fadado a ser um fracasso. É totalmente improvável que pessoas de sexos opostos,criados em lares diferentes, com diferentes cargas genéticas, espirituais e emocionais, se combinem. Casamento é um milagre a cada dia, graças ao Senhor que nos criou para termos relacionamentos. O casamento é produto da vontade de um dar-se ao outro gratuitamente, apenas por amor. Amor que doa, que serve, que suporta, que perdoa, que entende e compreende o outro.

Dentro do nosso propósito de colocar a casa em ordem até o final de 100 dias, arrumar a CASA MATRIMONIAL é básico, afinal, em geral, um lar se estabelece quando um homem e uma mulher decidem obedecer ao mandamento divino de deixar pai e mãe e formar um novo lar que, segundo Hebreus 13.4, deve ser honrado por todos. Abaixo, algumas dicas importantes para um casamento caminhar equilibradamente.

O homem deve assumir a responsabilidade de sacerdote e líder da sua casa. Amorosamente, ele deve liderar a sua casa. “Maridos, cada um de vós ame a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela… Quem ama sua mulher, ama a si mesmo. Pois ninguém jamais odiou o próprio corpo; antes, alimenta-o e dele cuida” (Efésios 5.25,28).

– Família (irmãos, pais, tios, sobrinhos, etc) é coisa muito boa, mas o casal deve aprender a viver dentro da sua própria casa. A interferência dos familiares nas decisões do casal deve ser mínima, não passar de conselhos. Os cônjuges devem ouvir um ao outro, antes de ouvir aos pais e irmãos. O casal, agora, é um novo lar e deve aprender a caminhar pelas próprias pernas, se tornando referência para os filhos e a sociedade à sua volta. “Por isso o homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher, e os dois serão uma só carne… cada um de vós ame sua mulher como a si mesmo, e a mulher respeite o marido” (Efésios 5.31,33).

– A família e os amigos do trabalho e da igreja e até os filhos são pessoas importantes, mas a esposa deve ser mais importante do que todos. Ela chegou primeiro. Por isso, o apóstolo ensina: “Da mesma forma, maridos, vivei com elas a vida do lar, com entendimento, dando honra à mulher como parte (ou vaso) mais frágil e herdeira convosco da graça da vida, para que as vossas orações não sejam impedidas” (1 Pedro 3.7).

– A Bíblia não imputa responsabilidade apenas ao homem. A mulher também tem seu papel no lar. “Mulheres,cada uma de vós seja submissa ao marido, assim como ao Senhor; pois o marido é o cabeça da mulher, assim como Cristo é o cabeça da igreja, sendo ele mesmo o Salvador do corpo. Mas, assim como a igreja está sujeita a Cristo,também as mulheres sejam em tudo submissas ao marido.” (Efésios 5.22-24). Ser submissa a um homem que a ama e respeita é agradável e prazeroso para a mulher. Essa submissão, inclusive, é aos maridos não cristãos. “Mulheres, do mesmo modo, cada uma de vós seja submissa ao marido, para que também, se alguns deles não obedecem à Palavra, sejam ganhos sem palavra alguma pela conduta de sua mulher, ao observarem vossa conduta pura em temor” (1 Pedro 3.1,2).

– Quanto MAIOR o problema, MENOR deve ser o volume da voz. “Se depender de vós, tende paz com todos os homens” (Romanos 12.18). A responsabilidade de promover o bom relacionamento dentro de casa é de cada um dos cônjuges. Gritarias, brigas, ofensas, alfinetadas e desconfianças não resolvem problema. Atitudes que resolvem problemas são: amor, paciência, orar, pedir sabedoria a Deus, ceder, quando for preciso, compreender as razões do outro, respeito mútuo e equilíbrio nas ações.

– Tragam alegria para o casamento de vocês. Não deixem que os problemas da vida, da empresa, do mundo, entrem no casamento e na casa de vocês. O lar é lugar de amor, alegria, unidade e companheirismo. Os problemas existem, mas não podem tomar conta de vocês. Evitem murmurar, reclamar e se dar o direito de serem pessoas mal-humoradas. Em vez disso, orem, discutam o problema e proponham soluções, procurem quem possa ajudá-los de fato e busquem a paz e a alegria dentro do lar.

– Se comuniquem. NUNCA deixem de conversar um com o outro. NUNCA deixem de elogiar um ao outro. NUNCA falem mal um do outro para terceiros.

– Sejam companheiros. Se ajudem em tudo que for possível. Não deixem que um ou o outro fique sobrecarregado. Se ajudem nas tarefas domésticas, na educação dos filhos, nos estudos, em tudo que for possível ajudar. Todavia, cuidado para não puxar para si todas as responsabilidades da casa deixando o outro se sentir inútil.

– Eliminem a palavra SEPARAÇÃO do dicionário de vocês. Troquem pela palavra INVESTIMENTO. Cada um invista na vida um do outro.

– Sejam abertos quando o assunto for finanças. Mais da metade das separações são ocasionadas por discordâncias no campo das finanças. O dinheiro de dois é muito mais forte do que o dinheiro de um apenas. Portanto, organizem suas finanças conjuntamente: não tenham segredos financeiros e compartilhem os seus bens.

Entre o próximo ano com seu casamento em ordem. Conquiste mais essa bênção em sua vida.

:: Pr. Atilano Muradas
Um abraço e boa semana!
Rosielly Souza

Padrão de Beleza

Olá! Vamos valorizar o corpo que Deus nos deu! Para isso, são necessários hábitos de vida saudáveis.

Buscando isso, ficaremos mais felizes ainda.

Não se esqueça que Deus te fez única e não há ninguém com a mesma “fôrma”.

Muitas coisas em revistas são padrões da mídia e nem mesmo as modelos conseguem atingir…

Veja o vídeo…

Pense nisso, se ame, pois você é LINDA aos olhos do Pai!!!

Um abraço!

Rosielly Souza

Blog no WordPress.com.

Acima ↑